MARANHÃO

 

Com 200 metros quadrados e uns bons anos de história na bagagem, esse apartamento localizado no bairro de Higienópolis, em São Paulo, foi construído na década de 50 e nunca havia sido reformado. A diretriz principal da obra era integrar e proporcionar maior amplitude aos ambientes, uma vez que o casal de proprietários adora receber visitas e ter liberdade para modificar o layout dos móveis de vez em quando, em nome da diversificação da rotina.   

 
A reforma conferiu um ar de leveza e descontração ao apê que se transformou em loft flexível, mantendo viva a história do imóvel com aproveitamento de peças de família, como as poltronas Thonet, um sofá vintage e tapetes orientais.
— Maurício Arruda, diretor criativo
 

Uma das borrifadas mais fresh do décor é o mobiliário de Maurício Arruda, que se apresenta discretamente na cadeira Pallet, na mesa Andorinha e nos móveis da linha José. 

Em nome da fluidez e da ergonomia, uma grande área integrada comporta living, jantar/bilhar, home, biblioteca e cozinha. Além disso, Maurício iniciou um processo quase “arqueológico” deixando os materiais originais aparentes, como concreto, madeira e pedra, que agora contrastam com o piso de ipê que antes havia sido coberto por um grande carpete.

 
Maranhao_layout.jpg

Ficha técnica

Nome do projeto: Residência Maranhão

Autoria: Todos Arquitetura

Metragem: 229,10 m²

Local: Higienópolis, São Paulo - SP

Ano de conclusão: 2012

Fotos: Victor Affaro